top of page

O ChatGPT vai à universidade, deixemo-lo entrar

Num café de fim de dia, trocamos opiniões sobre a educação e sobre o mundo em geral, esbarrando no tema que vai interrogando cada vez mais as universidades: o ChatGPT. Decidimos traduzi-lo da melhor forma possível, para que outros partilhem da reflexão de uma estudante de Medicina e de um estudante de Engenharia, e que se vão ocupando com outras experiências na vida.





Comentários


Quero subscrever esta carta aberta!
 Qualquer pessoa, de qualquer idade, pode assinar

Obrigado! O teu voto constrói!

bottom of page