top of page

A pandemia “alimentou um fosso geracional. Somos todos necessários para sair da crise”

Rita Saias tem reunido com políticos nos últimos meses e apresentado medidas para que Portugal possa combater a crise no imediato. A longo prazo, aponta que as gerações mais novas devem ter uma palavra a dizer nos planos a serem feitos com os fundos europeus. Por um “país mais sustentável” e uma “democracia mais transparente”


Os jovens não se interessam, são irresponsáveis, não querem saber. Nos últimos meses de pandemia, Rita Saias, Presidente do Conselho Nacional da Juventude (CNJ) tem-se batido para contrariar esta ideia, e parte do trabalho foi realizado em reuniões junto de decisores políticos como o Presidente da República, autarquias, grupos parlamentares, líderes partidários, ou os secretários de Estado da juventude, transição digital, educação ou cidadania



Comments


Quero subscrever esta carta aberta!
 Qualquer pessoa, de qualquer idade, pode assinar

Obrigado! O teu voto constrói!

bottom of page